Aprendiz de professora – o aluno desarrumado e outras histórias

Se você é educador (e quem, nesta vida, pode dizer que não o é ?) vai se deliciar em ler as histórias pedagógicas da professora Ynah de Souza. Grande parte desse livro compõe-se de textos escritos e publicados durante os dezenove anos em que a professora ministrou aulas de Português no Colégio de Aplicação da UFPE; refletem a respeito do desafio de ser professora e de, ao mesmo tempo, atuar como orientadora dos estágios de Prática de Ensino dos licenciandos em Língua Portuguesa da Faculdade de Educação. Na tentativa de ampliar as discussões propostas por esses textos, a autora “dialoga” com eles, estabelecendo uma interação “passado-presente-futuro” ao inserir seus comentários e/ou sugestões.
E, como não acredita que a vida pessoal fica lá fora, distante da sala de aula, a autora confidencia a seus leitores outros momentos de sua vida, anteriores e posteriores ao tempo vivido no Aplicação, no Rio de Janeiro, sua terra natal, e em Campinas, para onde foi atrás de concretizar um sonho seu de juventude: estudar na Unicamp. Sua experiência como criança e adolescentes, aluna do CAM (Curso Almeida Mello) e do Colégio Estadual Marechal João Baptista de Mattos; como professora “caloura” concursada do Estado do Rio de Janeiro na Escola Estadual Caetano Beloni (São João de Meriti); e, depois de aposentada, na sua “aventura” como aluna especial do Programa de Pós Graduação do Instituto de Estudos Linguísticos (IEL) da Unicamp.
“Ambulo ergo sum” (Pierre Gassendy) – “movimento-me, logo sou”  é a frase que sintetiza a caminhada da professora. Portanto, leitor, não perca a oportunidade de fazer, também, sua viagem através das histórias da professora Ynah de Souza.
O livro, que presta uma homenagem especial à professora (aposentada) de Prática de Ensino do Centro de Educação da UFPE, Mirtha Carvalho, será lançado no próximo dia 26 de novembro às 16h no Centro Cultural dos Correios do Recife.

Algumas fotos do lançamento, realizado no dia 26 de novembro de 2011 no Centro Cultural dos Correios.

Professor Marcio Brasil, amigo de longa data!

Carinho das amigas presentes: Teresa Emília, Monique e Bernadete.

Jorge Simas e Nestor do Cavaco – momento musical do evento.

Teresa Emilia, a irmã de coração, amiga de tantos anos.

Flores e amores da minha vida: Jorge, Rachel e Jaime.

Carinho da filha de coração, Suzana Cortez.

Professor Claus, meu personnal stile!

Amigo Abreu prestigiando o lançamento!

A presença luxuosa da professora de francês, Monique Becher.

A amiga e competente contadora de histórias, Renata Holanda.

O carinho de Teresa Emilia e Aquino, amigos de plantão!!!

Carinho explícito de amigo sempre é bem-vindo!

Sobre YNAH DE SOUZA NASCIMENTO

Professora de Língua Portuguesa, autora de livros didáticos.
Esse post foi publicado em Eventos e marcado , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Aprendiz de professora – o aluno desarrumado e outras histórias

  1. Suzana disse:

    Ynah! Ficou linda a nossa foto! A imagem diz tudo… Parabéns, minha querida! beijos

    • ynahdesouza disse:

      Querida filha do coração, vc nem pode imaginar como fico feliz em participar da sua vida e constatar que nem tudo está perdido na nossa área de educação porque temos professoras tão competentes como vc. Bjinhos

  2. Luana Ferraz de Queiroz disse:

    Parabéns, tia Ynah, pela realização de mais um projeto de sucesso. Fico feliz a cada conquista sua.
    Beijos.

  3. Ledjane disse:

    Querida Ynah,
    fiquei sabendo do seu livro através do boletim da Ascom -UFPE. Fiquei deveras feliz, tanto pelo livro como pela sua produtiva – no melhor sentido da palavra – tragetória pós Aplicação. Estou me insprirando em vc. Não consegui encontara seu contato de email no blog.
    Super beijo com carinho
    Lêdjane

  4. Ledjane disse:

    ah, minha definição tem sido “sentio ergo sum”, vou pensar em internalizar: “sentio, ambulo ergo sum” 🙂

  5. Lindolfo José Vieira disse:

    Olá Professora Inah. Estava na internet e com saudades do meu passado lembrei de uma professora de nome Inah cuja lembrança me aquece o coração. Digitei seu nome e você apareceu… no Bellone como era chamada a escola.
    Bom, eu sou um daqueles alunos que você ajudou e sua ajuda marcou. Marcou tanto que hoje aos 48 me recordo com ternura de você!!
    Lembro com perfeição do passeio ao Campo dos Afonsos, onde todos passamos correndo por um campo e pulamos da torre de instrução (pulamos ou fomos “empulados”, rsrsrs).
    Tb participei do teatro na escola e ganhei pontos em português.
    Pois fique sabendo que você foi e sempre será uma grande e amada professora com seu lindo sorriso. Espero que a vida continue sorrindo para você e te deixando escrever para que outros se beneficiem de você.
    Seu aluno, com carimho, Lindolfo.

    • ynahdesouza disse:

      Ainda estou aqui emocionada com sua mensagem, Lindolfo. E, embalada por tamanha emoção, é difícil responder à mensagem do jeito que ela precisa ser respondida. Aguarde que, em breve, seguirá um texto especialmente escrito para você. Abraços carinhosos

  6. Pingback: O tablet de toda a família | Vida Urbana | Diario de Pernambuco – O mais antigo jornal em circulação na América Latina | Ynah de Souza

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s